Carregando...

Serasa passa a renegociar dívidas em agências de Correios

  • Postada em : 30/06/2020

imagen

Para quem tem dívidas com Serasa, a partir desta semana é possível negociar os valores atrasados ou negativados em mais de 7 mil agências dos Correios no Brasil. Além disso, há possibilidade de descontos de até 90% em refinanciamentos, que poderão ser feitos diretamente nos guichês de atendimento.

A parceria da Serasa com os Correios foi firmada para auxiliar as pessoas sem acesso à internet de maneira ágil.

O consumidor deverá ir até a agência mais próxima com seu CPF (Cadastro de Pessoa Física)) e algum documento de identificação com foto, como RG, e solicitar no balcão que seja atendido para falar sobre o Serasa Limpa Nome.

Após a negociação, um boleto será gerado com o novo valor da dívida. A operação dura, em média, de dois a cinco minutos.

O Serasa Limpa Nome foi relançado há quase dois anos e, neste período, já fechou mais de 9,7 milhões de acordos para liquidar dívidas da população. Já foram mais de R$ 344 bilhões em desconto na plataforma.

O serviço pode ser encontrado no site nos pontos de atendimento físico da instituição.

Parceria com os Correios

É a terceira vez que a Serasa fecha parceria com os Correios para oferecer serviços que atende uma parcela da população que tem dificuldades para acessar a internet.

Atualmente, o cliente também pode verificar a situação do CPF por meio do serviço Meu Serasa e analisar o CPF, o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e a pontuação na Serasa de terceiros por meio do serviço “Você Consulta”.

A consulta aos dados de terceiros permite proteger o consumidor de fraudes e de prejuízos com quem se deseja fazer uma negociação.

Para usar os serviços da Serasa nos Correios, o consumidor precisa pagar taxas de administração. Cada dívida renegociada custa R$ 3,60.

A impressão da segunda via de boletos custa R$ 2,60 por acordo. O serviço Meu Serasa, de autoconsulta, custa R$ 14. O serviço Você Consulta, para análise de dados de terceiros, cobra R$ 21,60.

 

Fonte: Portal www.contabeis.com.br

Voltar

Solicite uma Proposta, visita ou agende uma reunião!

Últimas Notícias